Alutal Measure & Trust

Wiki Alutal

06 - Efeito Thomson

O Efeito Thomson se inspirou numa abordagem teórica de unificação dos efeitos Seebeck (1821) e Peltier (1834). O efeito Thomson foi previsto teoricamente e subsequentemente observado experimentalmente em 1851 por Lord Kelvin. Ele descreve a capacidade generalizada de um metal submetido a uma corrente elétrica e um gradiente de temperatura em produzir frio ou calor.

Qualquer condutor submetido a uma corrente elétrica (com exceção de supercondutores), com uma diferença de temperatura em suas extremidades, pode emitir ou absorver calor, dependendo da diferença de temperatura e da intensidade e direção da corrente elétrica.

Se uma corrente elétrica de densidade J flui por um condutor homogêneo, o calor produzido por unidade de volume é:

                      dT
 q = 
ho – µJ -------
                      dx

onde 
ho é a resistividade do condutor dT/dx é o gradiente de temperatura ao longo do condutor µ é o coeficiente de Thomson.

O primeiro termo 
ho é simplesmente o aquecimento da Lei de Joule, que não é reversível.

O segundo termo é o calor de Thomson, que muda de sinal quando J muda de direção.

Em metais como zinco e cobre, com o terminal "quente" conectado a um potencial elétrico maior e o terminal "frio" conectado a um potencial elétrico menor, onde a corrente elétrica flui do terminal quente para o frio, a corrente elétrica está fluindo de um ponto alto potencial térmico para um potencial térmico menor. Nessa condição há evolução no calor. É chamado de efeito positivo de Thomson.

Em metais como cobalto, níquel, e ferro, com o terminal "frio" conectado a um potencial elétrico maior e o terminal "quente" conectado a um potencial elétrico menor, onde a corrente elétrica flui do terminal frio para o quente, a corrente elétrica está fluindo de um ponto baixo potencial térmico para um ponto de potencial térmico maior. Nessa condição há absorção do calor. É chamado de efeito negativo de Thomson.


Potencia Termoelétrica

É a relação que expressa a quantidade de milivoltagem (mV), gerada a cada grau Celsius de variação de temperatura.

A expressão matemática que define a potência termoelétrica é:

Pt = mV / °C

Como a milivoltagem (mV) gerada por 1°C de variação é um número muito pequeno e como a variação da F.E.M. gerada em função da temperatura não é linear, é usual definir-se a potência termoelétrica média no intervalo de utilização de cada termopar e multiplicar-se este valor por 100°C.

A potência termoelétrica é uma grandeza útil na caracterização e comparação de termopares.



See the full line of Alutal Temperature thermocouples Access exclusive page about thermocouples

See now how our products can directly impact your operation:

How much does it cost to heat your process by 1º C?

We will help you save due to our precision, click the button below, access our calculator and see how much our products will contribute to your business.

access the calculator
Discover how much money you can save using Magnetrol® GWR

Our precision will directly contribute to savings in your processes. Calculate below how much savings you will generate using Magnetrol® GWR

access the calculator
Speak to an expert
Our experts will assist you in your control process

Just as we have done with countless companies from different parts of the globe

Speak to an expert
Houve uma falha no envio Envio realizado com sucesso